Polícia Federal desativa garimpo de ouro ilegal em Ouro Preto

11 maio 2022
Fique por dentro de todas as notícias pelo nosso grupo do WhatsApp!
Um garimpo ilegal de ouro, que atuava clandestinamente no Distrito de Antônio Pereira, em Ouro Preto, na Região Central de Minas, foi desativado pela Polícia Federal (PF) nessa terça-feira (10/5).
De acordo com a PF, foram apreendidos vários equipamentos e seis garimpeiros foram conduzidos à Polícia Federal de Minas Gerais para prestarem declarações.
A PF continua com as investigações para identificar e encontrar mais criminosos envolvidos na atividade prejudicial ao meio ambiente.
Conforme o Código Penal brasileiro, o crime de garimpo ilegal está previsto no art. 55 da Lei 9605/98. A pena varia de seis meses a um ano de detenção, e multa. Também está previsto no art. 2 da Lei 8.176/91, com pena de detenção de um a cinco anos, com multa.
 
 

*Estagiário sob supervisão da subeditora Jociane Morais 


VEJA TAMBÉM
FIQUE CONECTADO